Embaixadores latino-americanos reúnem com empresários em Leiria

Depois de Santarém, Coimbra, Évora e Braga, a região de Leira foi o destino escolhido para o 5º road-show económico e empresarial da Casa da América Latina com Embaixadores latino-americanos. Promovido pela Casa da América Latina, a Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria e a AIP – Feiras e Eventos, o road-show, que decorreu no passado dia 1 de Fevereiro, teve como organizador local o NERLEI– Núcleo Empresarial da Região de Leiria.

O programa iniciou-se nas instalações do NERLEI com a apresentação do tecido empresarial da região, seguido da partilha de informação, por parte dos responsáveis diplomáticos, sobre oportunidades de negócio no Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, Republica Dominicana e Uruguai. A reunião contou também com a presença de cerca de uma centena de empresários e dirigentes das áreas económicas da região, de sectores tão distintos como a cerâmica, vidros, construção civil ou ambiente e terminou com a visita a duas empresas de referência internacional: o Grupo Lena e Plimat – Plásticos Industriais Matos, SA. Em simultâneo decorreu também uma visita das embaixatrizes dos países representados às fábricas do Grupo Vista Alegre Atlantis e SPAL.

“125 mil empresas fecharam desde o inicio da crise e são as que sobreviveram que com as exportações nos salvam. A nossa balança comercial atingiu um saldo positivo e para esse resultado em muito contribuiram os empresários desta região”, referiu José Eduardo Carvalho, presidente da AIP-CCI, na abertura dos trabalhos. “Contudo o volume das exportações para os 18 paises da América Latina (sem contar com o Brasil) traduziu-se, no ano passado, só em 852 milhões de euros. É muito pouco. Temos de apostar mais, pois trata-se de mercados naturais para os empresários portugueses.”

Jorge Santos, Presidente do NERLEI, concordou e destacou a localização estratégica da região, o dinamismo dos seus empresários e a importância da criação de sinergias entre os 700 associados na procura de novos mercados, também na América Latina. “É para isso que estamos aqui“, referiu.

“Chegados ao 5º road-show, a Casa da América Latina já testemunhou resultados concretos de negócios a partir de conversas que se iniciaram nestas iniciativas. Dêem sequência a essas conversas. Contactem a CAL, contactem as nossas embaixadas para reuniões, preparem-se e arrisquem”, avançou Manuela Judice, Secretária-Geral da CAL.

Eduardo Lerner, Embaixador de Cuba, reforçou em nome de todos os Embaixadores que “temos de nos conhecer melhor para negociarmos mais e melhor.” O seu homólogo do México, Benito Andión, analisou os sectores dominantes na região e fez a ponte com os interesses mexicanos. “Além de mostrarmos o que os nossos paises têm para exportar, temos obrigação de fazer mais, de criar oportunidades de negócios de interesse mútuo para ajudar Portugal a sair da crise que o assola”, destacou. “As nossas economias são complementares e é nessa complementaridade que surgem as oportunidades, onde podemos todos ganhar”, reforçou Néstor Popolizio, Embaixador do Peru.

Revista de imprensa: Diário de Leiria

Esta entrada foi publicada em Economia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s