Magalhães

A JP Sá Couto é um associado efectivo da Casa da América Latina.

[Opinião de Carlos Zorrinho no Correio da Manhã] Segundo notícias divulgadas na comunicação social, 1500 veículos de várias forças de segurança inglesas foram equipados com computadores Magalhães fabricados em Portugal.

Até ao final do corrente ano, 20 000 Magalhães equiparão, tendo em conta a sua ergonomia e robustez, as forças de segurança do Reino Unido.

A gesta do computador Magalhães vai ser um caso de estudo obrigatório para quem daqui a umas décadas quiser fazer a história política, social e económica do período que medeia o início da crise até hoje.

O esforço brutal do Governo anterior para alinhar o nosso país com a modernidade no domínio tecnológico, das qualificações e das energias renováveis contrasta com a desistência e a falta de ambição do atual Governo. O espírito empreendedor deu origem a negociatas pouco transparentes e que em nada têm contribuído para um futuro melhor para Portugal.

Centenas de milhares de jovens portugueses acederam à era da informação através do Magalhães. Milhões desses computadores foram vendidos em todo o Mundo. O Magalhães foi aos mercados e venceu. É outra forma de ir aos mercados, criando riqueza, emprego e saber.

Esta entrada foi publicada em Economia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s