A Sardinha à procura de novos mares

Testemunho de Nuno Simões, CEO da Sardinha Comunicação, para a newsletter CAL Economia de Janeiro 2013:

Visitei, recentemente pela primeira vez, Santiago do Chile. Parti com dois colegas à descoberta de um novo país e também de uma nova cidade. Fomos com o mesmo espírito dos nossos antepassados: desbravar novos caminhos e, sobretudo, encontrar novos mercados.

A nossa experiência em Portugal começou em 2007 e desde então temos enfrentado as dificuldades e exigências de um mercado muito perturbado pela pressão financeira. Fundar uma agência de publicidade, com capitais exclusivamente portugueses, revelou-se um desafio maior do que o esperado.

Este desafio tem obrigado a Sardinha Comunicação a reinventar-se todos os dias, procurando encontrar as melhores soluções para os seus clientes, as estratégias mais eficientes e eficazes, num cenário de orçamentos cada vez mais reduzidos. O ano de 2013 volta a apresentar-se como um ano muito exigente, imperando a necessidade permanente da aposta na qualidade e inovação.

Só a inovação garante aumentos radicais de produtividade, essenciais para assegurar uma retoma sustentável e duradoura. Trata-se, em última instância, de uma questão de devolução de poder, de abertura de novos mercados, de acolhimento de novas propostas, de aceitação de novas formas de pensar e de fazer. Mesmo que seja apenas uma melhoria dos processos, produtos, serviços existentes, da forma como planeamos a nossa pauta de trabalho. Na forma como interagimos enquanto equipa. Na busca de soluções para resolver os obstáculos que enfrentámos diariamente.

Foi também parte desta procura que nos levou ao Chile, um mercado que tem apresentado índices de crescimento acima dos 4% ao ano, com uma divida publica inferior a 10%, (de acordo com os últimos dados disponíveis) apenas para salientar dois dados económicos que podem de forma simples caracterizar a dinâmica actual, mas, sobretudo, um mercado liberalizado e com elevadas potencialidades em diferentes áreas de negócio.

A visita repetir-se-á certamente durante este ano, em que continuaremos a estudar as melhores opções para estarmos presentes neste mercado, oferecendo o melhor da nossa criatividade, com a convicção de que crescendo lá fora estaremos mais fortes para apoiar os nossos clientes cá dentro.

A Sardinha Comunicação saiu de 2012 com a certeza de que só através da partilha de conhecimento e a permanente busca de novas soluções é possível encontrar os melhores caminhos da inovação. E entrou em 2013 fazendo votos para que o Chile continue a ocupar um importante lugar neste caminho.

Esta entrada foi publicada em Economia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s