Quatro dias para descobrir os outros cinemas da América Latina

[Notícia do Ípsilon/Público] A partir da próxima quinta-feira, 13, e até domingo, 16, o Cinema São Jorge, em Lisboa, vai receber a terceira Mostra de Cinema da América Latina. Organizada para a Casa da  América Latina pela programadora Maria Xavier, a Mostra procura revelar ao público português a multiplicidade das cinematografias contemporâneas da parte do continente  que fala espanhol ou português, exibindo dez filmes (de oito países) realizados ao longo  dos últimos três anos. Das dez escolhas deste ano, o mais aclamado é o filme mexicano de  Pedro González- Rubio, Alamar (dia 16 às 19h), sobre um pai e um filho em comunhão  com a natureza mexicana — um bom exemplo das actuais “ficções do real” que cruzam as  regras do documentário e da ficção, que transcendeu o circuito de festivais para se estrearem salas um pouco por todo o mundo (excepto em Portugal). A abertura da Mostra  terá lugar às 21h de dia 13, com Habanastation, o filme cubano de Ian Padrón. Ao longo  dos quatro dias serão ainda apresentadas obras provenientes da Argentina (Juan y Eva, de  aula de Luque, sobre os primeiros tempos do romance de Juan e Eva Perón, e Verdades Verdaderas, de Nicolás Gil Lavedra, sobre as Mães da Praça de Maio), do Brasil, do Chile, do Equador, da República Dominicana e da Venezuela. Os bilhetes, a três euros, podem ser adquiridos na bilheteira do São Jorge.

Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s