Seminário “Oportunidades de negócio no Peru”

[Notícia aicep] Oportunidades de negócio no Peru é o tema do encontro empresarial que a AICEP organiza por ocasião da visita oficial a Portugal do Presidente daquele país sul-americano, Ollanta Humala. | PROGRAMA

O encontro realiza-se no dia 19 de Novembro, no hotel Tivoli, na Sala Castello Lopes, a partir da 8h30, e conta com a presença do Presidente peruano Ollanta Humala, bem como do Presidente da AICEP, Pedro Reis.

Destaque para a intervenção do Presidente da Proinversión, Javier Illescas, sobre os sectores de oportunidade que o Peru oferece às empresas que queiram apostar neste mercado. A Proinversión é o organismo de fomento ao investimento estrangeiro naquele país, congénere da AICEP na sua missão de captação de investimento.

A visita oficial do Presidente peruano insere-se num programa de intensificação das relações políticas e económicas com países terceiros e surge no seguimento da visita, em Junho passado, que o Primeiro-ministro português, acompanhado pelo Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, efectuou ao Peru, e que integrou uma missão de 53 empresas portuguesas, organizada pela AICEP e acompanhada pelo seu Presidente.

O Peru foi, em 2011, o 71º cliente de Portugal e o 65º fornecedor. O número de empresas portuguesas exportadoras para o Peru, apesar de não ser muito elevado, tem vindo a crescer, situando-se, em 2011, em 171. O comportamento das nossas exportações para aquele mercado, nos primeiros oito meses de 2012, confirma o crescimento dos últimos anos, registando uma variação positiva de 73,2 por cento face a período homólogo de 2011. Em valor, as exportações nacionais para o Peru ascenderam a cerca de 18,5 milhões de euros de Janeiro a Agosto deste ano, enquanto as importações se situaram em 16,8 milhões de euros (menos 23,1 por cento).

Os principais grupos de exportação para mercado peruano são máquinas e aparelhos, pastas celulósicas e papel, metais comuns, químicos, veículos e outro material de transporte. Ao Peru, Portugal compra sobretudo produtos agrícolas, metais comuns, químicos, produtos alimentares e peles e couros.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Economia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s