SATA: Ocupação a 80% pode ditar segunda frequência para Salvador

[Notícia Turisver] A SATA está com boas expectativas para a rota Lisboa-Salvador-Lisboa, que inaugurou na quinta-feira, 27 de Setembro, e já estuda a hipótese de abrir uma segunda frequência semanal para a capital baiana, o que poderá ser uma realidade no próximo Verão IATA, se a ocupação média dos voos se mantiver nos 80%, disse Rui Quadros, administrador comercial da companhia.

“Se andarmos com taxas de ocupação nos 80% é muitíssimo bom.

Obviamente que quando chegarmos a esse valor, temos que pensar que estamos a crescer e nesse caso podemos pensar numa segunda rotação”, admitiu Rui Quadros, explicando que a SATA deverá estabelecer alguns acordos de interline com outras companhias para ajudar a consolidar a rota, que é operada em aviões A310, com 222 passageiros, 18 dos quais em executiva.

Para o administrador da SATA, há ainda muito trabalho pela frente para afirmar a rota tanto no mercado português como brasileiro, até porque a TAP é uma forte concorrente, no entanto as expectativas são optimistas, existindo já boas ocupações para os próximos meses.

“Estamos com boas ocupações até ao início do Verão IATA mas obviamente que nos falta trabalhar muito. Falta trabalhar os dois mercados porque ainda agora começámos e temos que dar tempo à rota para que ela comece a consolidar”, disse Rui Quadros aos jornalistas durante o primeiro voo da SATA para Salvador.

No mercado português, a SATA espera que as boas relações com os operadores turísticos e com instituições como o Turismo de Portugal e o AICEP ajudem a ditar o sucesso da rota, contando também cativar o mercado brasileiro, que neste momento apresenta um maior poder de compra e muita vontade de conhecer Portugal.

“Queremos fazer parte da solução porque sabemos que existe uma enorme vontade destas pessoas em conhecer Portugal e muitas vezes dizem que nem sempre é possível fazê-lo porque falta voo ou porque falta horário, ou queixam-se dos preços e nós estamos aqui para colmatar essa falha”, acrescentou Rui Quadros, garantindo “tarifas competitivas” e destacando o facto de o voo para Lisboa partir de Salvador à sexta-feira, pelas 22h05, o que é uma mais-valia principalmente para o turismo de negócios.

“É importante porque nós saímos daqui à sexta-feira à noite, somos os últimos a sair e quem quiser sair a uma sexta-feira para a Europa, nomeadamente para Lisboa, este foi um dia ganho. É um horário muito importante por isso”, sublinhou Rui Quadros.
O primeiro voo da SATA para Salvador da Bahia partiu de Lisboa na quinta-feira, às 15h20, com cerca de 190 passageiros, entre os quais vários representantes de operadores e outros parceiros, bem como responsáveis da própria da companhia, e aterrou no Aeroporto Internacional de Salvador pelas 20h00 locais, enquanto o voo de regresso saiu de Salvador na sexta, pelas 22h05 locais, com perto de 160 passageiros, aterrou em Lisboa às 10h20 de sábado.

Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s