Lisboa recebe navio mexicano “Cuauhtémoc”, visitas até sexta-feira

O “Tall Ship” mexicano “Cuauhtémoc” é o mais recente grande veleiro a escalar o estuário do Tejo, onde vai permanecer até sexta-feira, no Cais Rocha do Conde de Óbidos, na doca de Alcântara, em Lisboa.

Depois de eventos internacionais como a Volvo Ocean Race ou a regata “Tall Ships”, chegou mais um motivo para lisboetas e visitantes da capital portuguesa voltarem novamente as atenções para o rio Tejo.

O “Cuauhtémoc”, um navio de instrução com 90 metros de comprimento que partiu de Acapulco, México, em Abril, está em Lisboa a receber visitas gratuitas entre as 10h e as 22h (a área reservada do cais não tem acesso facilitado).

Na sexta-feira, dia 7, as visitas encerram às 17h, dado que o veleiro parte para o Funchal no dia seguinte, a última paragem antes de atravessar novamente o Atlântico rumo ao México.

O comandante Marco Antonio Vila Vivaldo, capitão do navio, explicou ontem à imprensa portuguesa que apesar do objectivo principal da viagem ser a aprendizagem dos cadetes, também é seu propósito dar a conhecer aos visitantes como vivem a bordo, a história do navio e os seus maiores feitos, tendo como pano de fundo a cultura mexicana.

O recorde de visitantes ao “Cuauhtémoc” foi estabelecido em França há quatro anos, quando recebeu a bordo 28 mil pessoas em apenas um dia.

Este ano, em Dublin, recebeu 23 mil visitantes em três dias, mas, como explicou o comandante Marco Antonio Vila Vivaldo, o número de visitantes depende do local onde se encontra o navio, designadamente da facilidade de acesso, se o “Cuauhtémoc” faz parte de um evento ou regata e se as autoridades portuárias permitem a entrada de público.

O navio mexicano partiu de Acapulco em Abril e já passou pelo Panamá, EUA, França, Espanha e Irlanda. Depois de Lisboa segue para o Funchal, Madeira, onde fica de 12 a 17 de Setembro, e torna a atravessar o Atlântico para visitar Martinica, Panamá, Guatemala e, finalmente, aportar no México.

Durante esta viagem, o “Buque Escuela Cuahtémoc” participou em vários eventos, entre os quais uma regata da Corunha, Espanha, a Dublin, Irlanda, na qual foi o mais veloz dos 43 participantes.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s