“Em 2011, exportaram para o Brasil mais 259 empresas”

[Notícia do Jornal de Negócios] O Brasil pode chegar ao fim da década como maior parceiro comercial não europeu de Portugal, diz António Bustorff, presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira.

O Brasil pode chegar ao fim da década como maior parceiro comercial não europeu de Portugal. Defende acreditar que Brasil passe a ser o principal destino das exportações, fora da UE, de Portugal, até ao fim da década. Em que baseia esta crença?
Na taxa de crescimento histórico entre os dois países, que, desde o fi­nal da década de 80, tem tido um crescimento consistentemente su­perior à média do crescimento mun­dial, à taxa de dois dígitos. Esta rela­ção tinhapouca expressão, e agora o Brasil é o décimo cliente de Portugal no Mundo. O grande concorrente é Angola, um país de monocultura, produtor de petróleo, mas pouco mais. Importa quase tudo o que con­some. Angola progressivamente comecará a industrializar-se. Estamos ainda a comparar uma população de 15 milhões com outra de 200 mi­lhões. O potencial de manter esta taxa de crescimento no Brasil é enor­me, e depende mais dos empresários nacionais.

Consulte a entrevista.

Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s