Atelier de criação de Zabalaga em 19 de Junho mediante marcação

Data: 3 de maio a 25 de julho (inauguração no dia 3 de maio às 18h30)
Local: Casa da América Latina, Lisboa

Atelier de Criação com Cristina Zabalaga
19 de Junho às 18h30 | Casa da América Latina
Entrada Livre
Mediante reserva até 15 de Junho para: reservas@casamericalatina.pt | 21 394 73 50

Atelier de criação que questiona a nossa percepção do espaço e do movimento a partir de sequências de imagens em tempo acelerado. Time-lapse sequence. Conceitos teóricos e práticos da técnica de vídeo em tempo acelerado a partir de fotografias tiradas a intervalos regulares. Um atelier prático de fotografia para todas as idades.

Exposição de fotografias inspirada na arte azulejar. A partir da métrica do azulejo criam-se grandes puzzles de imagens desconstruídas que questionam e convidam o espectador a viajar por seis países da América Latina: Argentina, México, Brasil, Chile, Bolívia e Colômbia. Imagens desconstruídas que se justapõem em planos sucessivos, metamorfoses ininterruptas e subtis de formas, luz e cor que, de certa maneira, acabam por resultar num convite ao espectador.

Nesta metáfora de analogias da América Latina, o módulo do azulejo permite uma multiplicidade de padrões, conferindo ritmos diferentes às composições onde é aplicado, neste caso na fotografia. Trata-se de uma exibição de fotografias para ver e tocar.

A exibição incorpora uma característica transversal, o questionamento permanente das imagens e a alteração da sua percepção em função das formas e das cores. A métrica do azulejo gera um grande puzzle de imagens desconstruídas, grandes puzzles compostos por fotografias que adquirem modelação própria, gerada pela gradação da cor em eficaz contraste e, num convite ao jogo para o espectador, forçando a uma circulação em seu redor para poder apreender na sua totalidade o fulgor das cores da geometria americana.

Tudo começou em 2010 com uma viagem até à Patagónia. Uma viagem de vários meses em seis países: México, Colômbia, Brasil, Bolívia, Chile e Argentina. Além de todas as paisagens, sons, pessoas e experiências encontradas, as cidades da América Latina foram mapeando-se em termos de afinidades, de formas e de cores, que de certa maneira acabaram por reflectir as analogias e proximidades culturais no continente americano.

A combinação dos azulejos com a sua regra métrica, a do quadrado, resulta numa combinatória infinita dos padrões com as imagens que se justapõem em planos sucessivos, em metamorfoses ininterruptas e subtis, de luz e cor.

Cristina Zabalaga é escritora e artista visual de nacionalidade Boliviana e Portuguesa, e actualmente vive em Lisboa. Especializada em Comunicação Intercultural, formou-se como Jornalista em Madrid. O seu trabalho de fotografia foi seleccionado para o New York Provocation Photo Festival, e em 2011 participou na Bienal de Arte Urbano, na Bolívia. Recentemente a sua curta-metragem Bra-Fitting foi seleccionada em Berlim no 8th Berlin International Directors Lounge.

Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s