CCB discute obra “Bufo & Spallanzani” de Rubem Fonseca

Data: 6 de maio às 15h00 (Entrada livre, M12)
Local: Pequeno auditório da Sala Eduardo Prado Coelho, Centro Cultural de Belém

Com a obra Bufo & Spallanzani, e tendo sido vencedor do Prémio Casino da Póvoa, atribuído no âmbito do Correntes d’ Escritas (Fev 2012), e distinguido com o Prémio Camões em 2003, Rubem Fonseca é por muitos considerado o maior escritor brasileiro vivo. As suas histórias, de ambiente policial e marcadas por forte violência urbana, são lavradas numa língua literária de alta exigência estilística.

De formação jurídica, Rubem move-se com à vontade no universo judiciário, que envolve polícias, juízes e advogados. Desde o seu primeiro romance, O caso Morel, publicado em 1973, que vem construindo uma obra marcada por um humor negro feroz, que convive com o seu universo próprio de (múltiplas) referências literárias, patente em obras como A Grande Arte (1983), Bufo & Spallanzani (1986) e O Seminarista (2009).

Programa

15:00 – Leituras da obra do Autor:
João Rodrigues
Inês Pedrosa
Carlos Mendes de Sousa
Orlando Silvestre
José Carlos Vasconcelos
Miguel Real

17:15 – Intervalo

17:30 – Projecção do Filme Bufo e Spallanzani de Flávio Tambellini
O filme será projectado em formato DVD em ecrã 6 x 4m.

Título no Brasil: Bufo & Spallanzani
Título Original: Bufo & Spallanzani
País de Origem: Brasil
Género: Drama
Duração: 96 minutos
Ano de Lançamento: 2001
Estúdio/Distrib.: Conspiração Filmes
Direcção: Flávio R. Tambellini

Sinopse:
Ivan Canabrava (José Mayer) é um detective da Companhia Panamericana de Seguros que está a investigar o caso de um fazendeiro, que morreu pouco tempo depois de ter feito um seguro de um milhão de dólares. Desconfiado de que a empresa onde trabalha esteja a ser vítima de uma fraude, Ivan passa a investigar a viúva e descobre, no apartamento do casal, um sapo morto e uma planta exótica. Pesquisando sobre o assunto com a ajuda do cientista Ceresso (Juca de Oliveira) e a jovem Minolta (Isabel Guerón), Ivan passa então a envolver-se cada vez mais nas suas investigações, o que desagrada ao seu chefe (Gracindo Junior).

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s