Poema de Rogelio Echavarría

Rogelio Echavarría

Rogelio Echavarría

A FELICIDADE

Há miríades de seres no universo
que são felizes – e não te conhecem.

Milhões de pessoas na Terra
são felizes sem te amar.

E alguns que te amaram
desfrutam de um feliz esquecimento.

Porquê, então, sou eu o único homem
para quem tu és toda a felicidade do mundo?

autor: Rogelio Echavarría
tradutor: Nuno Júdice
In: Um País que sonha – cem anos de poesia colombiana, Assírio & Alvim, 2012
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s