Dilma anuncia pacote de estímulos de 53,5 mil milhões

[Diário Económico/Lusa]

Governo brasileiro vai investir 53,5 mil milhões de euros em infra-estruturas, num plano para estimular o crescimento económico.

O governo brasileiro anunciou hoje um grande plano de concessões para a área dos transportes, que prevê investimentos de 133 mil milhões de reais (53,5 mil milhões de euros) em estradas e linhas ferroviárias.

O “Plano Nacional de Logística: Estradas e Ferrovias” prevê a ampliação das faixas de circulação em 7.500 quilómetros de estradas, por meio de concessões à iniciativa privada, a construção e modernização de dez mil quilómetros de novas ferrovias, com parcerias público-privadas, nas quais o governo arca com o que não for absorvido pelo mercado.

O valor será investido ao longo de 30 anos, sendo 79,5 mil milhões de reais (32 mil milhões de euros) nos primeiros cinco anos, segundo o ministro dos Transportes, Paulo Passos.

As adjudicações estão previstas para serem feitas a partir de Dezembro, favorecendo as empresas que oferecerem as melhores tarifas, e o prazo para entregar a obra será de cinco anos a partir da assinatura dos contratos.

A presidente Dilma Rousseff afirmou no seu discurso que o plano vai recuperar o atraso de dez anos do Brasil no que respeita ao sector logístico.

“Queremos eficiência logística para dar vantagens a quem produz, para que assegure mais e melhores empregos”. E “o Brasil terá, finalmente, uma infra-estrutura compatível com o seu tamanho”, disse Rousseff.

No Brasil, o transporte rodoviário é o mais utilizado ao contrário dos comboios, equipamentos que estão “estagnados e paralisados”, explicou a presidente brasileira. Os novos dez mil quilómetros representam um crescimento de 36 por cento na malha actual.

O novo programa prevê a construção de ferrovias em pelo menos 15 estados, para facilitar o transporte da produção, principalmente de grãos, aos portos.

O ministro dos Transportes prevê a criação de 150 mil empregos directos com as obras. Já a presidente realçou que a melhoria no escoamento da produção irá alavancar a economia e, por isso, gerar mais postos de trabalho.

Outra medida anunciada foi a conversão da estatal que hoje é responsável pelo trem de alta velocidade na Empresa de Planejamento e Logística (EPL), que irá estudar projectos de transportes para ampliar a capacidade do governo na área e atrair a iniciativa privada.

O governo prevê agora divulgar um plano para portos, hidrovias e aeroportos.

About these ads
Esta entrada foi publicada em Artes. ligação permanente.

Uma resposta a Dilma anuncia pacote de estímulos de 53,5 mil milhões

  1. Pingback: Dilma anuncia pacote de estímulos de 53,5 mil milhões | Casa da … | Info Brasil

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s